Clube Divino em Campo Alegre – Agosto

divino em CA

Abrimos a noite com um espumante francês já conhecido –  BLANQUETTE DE LIMOUX BRUT Carte Ivoire, que nunca decepciona.

Como fazia frio, sopa de abóbora com gengibre para entrada na companhia da surpresa positiva da noite: MADE IN PROVANCE BY STE LUCIE ROSÉ.

O prato principal, mais uma delícia preparada com carinho pela Beth, foi  ragú de pato com pappardelle (também havia polenta), casou de maravilha com o tinto ROTIER RENAISSANCE 2008.

Como ninguém ia dirigir mesmo,  esticamos a sobremesa (pavlova, também obra da Beth) com um interessante BLANQUETTE DE LIMOU METHODE ANCESTRALE.

Tudo maravilhoso! As dicas de harmonização ficaram por conta de Didier Simon. O cara só acerta!

Recomendação para os meses de tempo quente e, oxalá sol, é o  MADE IN PROVANCE.

Livre-se do preconceito, clique no link abaixo e descubra o que um rosé excepcional pode oferecer!

MIP Sainte Lucie 2012

Clube de Setembro no Mamma Lu

evento mamma luTreze sortudas estiveram no encontro de setembro no Bistrot Mamma Lu.

Cercadas (nós, as meninas!) pelas obras de Juarez Machado, o menu especialmente elaborado para a gente e os vinhos, claro, ganharam um charme único.

Começamos com o Cava Rodestiú, seguimos com um Pinot Noir do Uruguai e finalizamos com um Shiraz chileno. Todos devidamente avaliados conforme post anterior.

Muitos brindes!

Avaliação vinhos degustados em SETEMBRO 2013

ESPUMANTE RODESTIU CAVA – Brut – Espanha

TINTO DON PASCUAL – Pinot Noir – Uruguai

TINTO VILA SAN ESTEBAN CLASSIC – Shiraz – Chile

8

8

7

9

8

7

8

9

7

7,5

7,5

8

7

7

7

8

9

7

7

9

8

8,5

9

7,5

8

8,5

8

9

8

7

8

7

8

média 8

média 8

média 7

Avaliação vinhos degustados em AGOSTO 2013

ESPUMANTE CARTE IVOIRE BRUT – França

ROSE MADE IN PROVENCE – França

TINTO RENAISSANCE – França

ESPUMANTE BLANQUETTE ANCESTRALE – França

9

9

9,5

8

10

10

9

9

10

10

9

10

10

9

9

7

9

3

8

7

9

8

9

9,5

6

9

10

10

10

10

8

10

3

10

9

9

7

8

7

9

8,8

8,7

9,5

6,7

Fênix

Não houve morte por autocombustão, nem nada minimamente dramático, mas o blog ficou mais de seis meses parado, e agora renasce das rolhas!

Nosso Clube diVINO  conta com 30 membros, sendo que nos encontros mensais há uma flutuação no número de presentes entre 5 e 20.

O último enoencontro foi no dia 11 de julho,  na Adega Top Wine. Fomos muito bem recebidas pelo Evandro Nascimento que nos orientou na harmonização dos vinhos com o menu bolado pelo chef Arthur  Schimidt.

Os vinhos, as fotos e a pontuação ficam para o próximo post.

No ano que vem…

Se um dos itens de sua lista de resoluções de Ano-Novo for aprender um pouco mais sobre vinhos, eu sugiro aproveitar o  finalzinho de 2012 para dar um start e resolver esta pendência rsrsrs.

A Adega Top Wine vai oferecer no dia 21, agora!, um curso básico de degustação de vinhos, com noções de harmonização inclusive.

Informações pelos telefones (47) 3026-4500 ou 3026-4800 ou através do e-mail: topwine@topwinebrasil.com.br

Valor do curso : R$ 70,00

Image

Tempo de espumantes

Espumantes são para o fim de ano. Evidentemente, não compartilho desta máxima, mas ouvi, do sommelier de uma grande rede de supermercados, que a venda de espumantes no Brasil, aumenta 1000%, entre os dias 20 e 31 de dezembro.  Bem, daí a frase do início até que faz sentido…

Outra coisa que ouvi é que o hectare de terra na região de Champagne custa 1.600.000 euros! E depois a gente fica chocado com o preço da “viúva” na prateleira.

Sei que é cultura inútil, mas não deixa de ser impressionante!

Ah, a harmonização clássica, de livro, do Asti (espumante doce, italiano) com panetone é mesmo perfeita! Conferido.

Image

Vinhos e ostras e muitas risadas

 

No início de novembro participei de outra edição do evento Papos e Vinhos e agora minha opinião está sedimentada: uma proposta excepcional, muita qualidade e conteúdo!

Muitos espumantes, vinhos e risadas! Além das ostras, em variadas receitas.

A vinícola Luiz Argenta, de Flores da Cunha (a visitei em 2007!) trouxe 6 rótulos e todos foram gratas surpresas. Por tratar-se de uma vinícola boutique, algumas garrafas tem edição limitada, formato especial, diferenciado, e até tamanho fora do tradicional.

Foram dois espumantes brut rosé, sendo um elaborado pelo método  charmat e outro pelo champenoise. Ambos feitos com Pinot Noir, Shiraz e Merlot. Um vinho tranquilo também rosé – super leve, descomplicado.

Dos brancos, o Chardonnay Reserva, recém eleito um dos quatro melhores do Brasil nesta uva, harmonizou com ostras em farinha de brioche e parmesão e à provençal de azeitonas.

O Sauvignon Blanc, com uma das garrafas mais lindas que já vi, tem aroma intenso de pêssego e maracujá, cor linda! enfim, adorei!

E para terminar, um espumante moscatel!

Image

Clube de Outubro

Antes que dezembro chegue, as impressões do nosso Clube DiVINO sobre o  encontro de outubro.

Fomos de italianos: Cent’Are 2009 e Cantine Bonacchi Montepulciano D’Abbruzzo 2010

Cent’Are 2009 – Embora a uva Nero D’Avola não seja siciliana, a provável origem é da Calábria, ela é sem dúvida a uva ícone do sul da Itália. Harmoniza muito bem com pasta ao sugo. Vinho fácil de tomar! O desfrutamos com o rodízio de bruschettas da Giuseppe Pizzaria.

Image

Cantine Bonacchi Montepulciano D’Abbruzzo 2010 – Tinto elaborado com 85% de Montepulciano e 15% de outras cepas escuras, na região do Abruzzo. Apresenta um odor vinoso e um sabor seco e macio, vai bem com massas e carnes leves.
Image

Bons vinhos, mas sem grandes recordações…

Para celebrar!

Produzido pelo braço argentino do grupo Freixenet, líder em venda de espumantes no mundo, Tournée Brut apresenta coloração levemente rosada fruto da marcante presente de Pinot Noir. Em nariz se apresenta fresco e frutado, com notas cítricas, e em boca suave e elegante, com delicadas borbulhas. (www.vinhocracia.com.br)

Com este espumante celebramos a vitória da honestidade sobre a fantasia, nas urnas de nossa cidade.

Está com ótimo preço na Adega Di Bacco.

%d blogueiros gostam disto: